16 de jul de 2016

A fraternidade universal

  Todos nós somos iguais diante de Deus.
  Aqui fora há quem cometa a estupidez de uma discriminação odiosa entre negros e brancos, cultos e incultos, instruídos e analfabetos.
  Mas, coloquem-se todos eles no interior de um templo, numa assembleia religiosa. Todos eles se dando as mãos, baixando os olhos do orgulho e e rezando como numa só voz:"Pai nosso que estás nos Céus."
   Ora, se Deus é o pai de todos, sem distinção, é por que nós todos somos irmãos, somos iguais.

Postagem em destaque

NADA COMO O TEMPO

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe t...